Pular para o conteúdo

Almôndegas de amaranto com salada quente de berinjela e queijo de cabra

27/03/2014

 

Almôndegas de amaranto com salada quente de berinjela e queijo de cabra

Ingredientes

Almôndegas
Batata doce 1 unid
Amaranto 2 xic
Ovo caipira 2 unid
Farinha de mandioca grossa Quanto baste
Suco de limão 1 unid
Manjericão 4 colh de sopa
Cebola em cubinhos 1 unid
Alho amassado 4 unid
Sal Quanto baste
Pimenta do reino Quanto baste
Salada
Berinjela 1 unid
Abobrinha 1 unid
Tomate caqui 1 unid
Salsa picada 1 colh sopa
Amêndoas torradas e picadas 2 colh sopa
Queijode cabra 100g
Vinagre balsâmico Quanto baste
Azeite de oliva 1 fio
Sal marinho Quanto baste

Modo de preparo:

ALMÔNDEGA: cozinhar a batata até ficar macia. Esfriar, tirar a casca e amassar.

Cozinhar o amaranto em 4 xícaras de água até ficar al dente. Escorrer
bem passar na água fria para parar a cocção.
Misturar todos os ingredientes, menos a farinha, e dar o ponto na
almôndega, acertar o ponto com a farinha se necessário.
Modelar e refogar (ou assar) ambos os lados em pouco azeite.

SALADA: Cortar os vegetais em rodelas e grelhá-los.

Colocar os legumes grelhados num prato. Polvilhar com o queijo
esmigalhado, as amêndoas e a salsa. Temperar com o vinagre, sal e
azeite.

Torta da Saudade, de liquidificador (sem liquidificador) #semglúten #semlactose

03/03/2014

Hoje me bateu saudade.

Saudade que eu não sei  bem de quem ou o quê, mas bateu. Aquele tipo de saudade boa com um toque(zinho) de tristeza, mas bem alegre e paciente. Me deixou feliz, então resolvi agradecer a vida pelos amigos, momentos, família e tudo que se passou até o presente. Pode ser que este final de semana repleto de marchinhas carnavalescas da Diva da tristeza alegórica, Carmen Miranda, tenha me inspirado nesta saudade alegórica que tomou conta da minha segunda de carnaval.

Daí entrei no face e me deparei com a minha querida colega Carla Serrano e uma foto de sua torta de liquidificador. Pronto o prato que faltava para acender meu apetite saudosista alegórico.

Saudades no dicionário gastronomiquês chama-se Comfort Food, e nada como uma torta de liquidificador, tão simples, prática e deliciosa, para emplacar um dia de Comfort Food.

Peguei a receita da minha colega e modifiquei ao meu gosto, vegetariana e leve com um toque de #semglúten e #semlactose para emplacar aqui no Abobrinhas. E passei o dia organizando minha vida culinária, comendo a minha torta de liquidificador (sem liquidificador) e apreciando o saudosismo alegórico que tomou conta da minha segunda de carnaval…

photo (2)

Torta da Saudade Alegórica

Secos

200g de farinha de arroz
125g de fécula de batata
50g de polvilho doce
15g de fermento químico em pó
Sal e pimenta do reino a gosto
Molhados
4 unid de ovos
150ml de azeite ou óleo
300ml de leite de amêndoas ou arroz
Recheio
4 unid pequenas de mandioquinha em rodela
200g de vagem macarrão
50g de tomatinho cereja
1/2 unid de cebola julienne
4 dentes de alho picados
4 colheres de sopa de semente de girassol
2 colheres de sopa de cheiro verde picado
Azeite de oliva a gosto
Sal e pimenta do reino a gosto
Semente de linhaça e papoula para polvilhar
Modo de preparo:
Misturar os ingredientes secos, depois os molhados. Bater todos eles, você não necessariamente precisa de um liquidificador, pois se for assim como eu que quebrei o meu, você consegue mesclar a massa com ajuda de um fué. Reservar a massa, ela fica mais líquida que a normal de farinha de trigo, mas não se preocupe que vai dar certo.
Para o recheio, comece salteando a cebola e alho no azeite. Adicione os tomates e deixe que murchem bastante. Adicione a mandioquinha, semente de girassol e vagem. Saltear rapidamente, acertar os temperos e por último o cheiro verde. Lembre que a torta ainda vai para o forno, então a mandioquinha e vagem não precisam cozinhar, somente um choque térmico. Os tomates “murchamos” para dar um aspecto de “confitado” no azeite. Quanto mais cozido, menos ácido e mais fácil de absorver o licopeno…
Untar uma forma com azeite e farinha de arroz. Acrescentar metade da massa, com cuidado o recheio e por final a outra metade da massa. Polvilhar com as sementes. Assar em forno 180 C por aproximadamente 40 minutos.

Tapioca de shimeji com abóbora e couve refogada.

20/02/2014

 

 

Esta receita foi ao ar no dia 20/02/14 no programa  Você Bonita, Tv Gazeta.
photo

 

Massa de tapioca

500g de polvilho doce
250ml de água
Pitada de sal

Mesclar o polvilho com o sal. Aos poucos agregar a água.
Deve ficar com consistência de farofa levemente úmida.
Deixar descansar por 15 minutos.
Peneire em formato de disco sobre uma frigideira quente, que qualquer tipo.
Preferência em fogo alto.
Quando a goma “colar”, virar e cozinhar ou outro lado.
Rechear, fechar em formato de meia lua, e deixar esquentar o recheio.

Usando a goma já hidratada: medir 1 xícara, ou 140g da goma.

Recheio de shimeji com couve

Para o shimeji:
200g de shimeji desfiado (1 bandeja pequena)
100g de abóbora japonesa julienne
1/2 unid de cebola julienne
1 haste de cebolinha fatiada
60ml de vinho branco
Quanto baste de shoyu light
Quanto baste de azeite

Para a couve:
2 xícaras de couve julienne
3 dentes de alho picado
Quanto baste de sal
Quanto baste de azeite

Modo de preparo:

SHIMEJI: numa frigideira esquentar o azeite e refogar a cebola e a abóbora, deixar dourar e acrescentar o shimeji.
Acrescentar o vinho, deixar reduzir. Temperar com o shoyu.
Ao final, depois que desligar o fogo, acrescentar a cebolinha.

COUVE: refogar o alho no azeite até dourar. Acrescentar a couve, temperar. Refogar até murchar.

Noodles de arroz ao curry, com shimeji e vegetais.

17/01/2014

20140117-131313.jpg

Noodles de arroz ao curry, com shimeji e vegetais.

Macarrão tipo bifum ou harussame para 2 pessoas
1 cebola em pétalas
1/2 abobrinha em fatias
1 mão de abóbora japonesa em fatias
1 mão cheia de shimeji branco desfiado
1 mão de castanhas
1/3 de xic de leite de coco
Coentro ou salsinha frescos
1 limão
3 Colh sopa de shoyu macrobiotico
1 fio de óleo de gergelim

Pasta de curry:
1/2 colher de chá de cúrcuma
3 dentes de alho
1 bolota de gengibre fresco ralado
1 colh de chá de curry em pó
1 colh de chá de cominnho em pó
1/4 colh de chá de cravo em pó
1/4 colh de chá de canela
2 colh de sopa de caldo de legumes

Cozinhe o macarrão até ficar al dente, escorra e passe na água fria para parar a cocção. Reserve.

Pasta de curry: misturar todos os ingredientes.

Aqueça uma panela de wok, ou uma frigideira grande. Adicione o fio de óleo de gergelim e deixar esquentar. Adicionar a pasta de curry.
Assim que soltar o aroma adicionar os legumes na ordem para cozinhar: abóbora, cebola, abobrinha. Quando os vegetais estiverem al dente, adicionar o shimeji e as castanhas.
Adicionar o leite de coco e o shoyu, deixar reduzir levemente.

Ao final adicionar o bifum pré cozido. Misturar bem.

Servir com a cebolinha e coentro ou salsinha frescos, além de fatias de limão.

Ho ho ho Panetone #semglúten

28/11/2013

1410776_10151752406945069_1488805078_o

Panetone sem glúten

Para a biga

3/4 de xícara (180ml) de água

1 colher de chá de fermento biológico seco

170g (1 1/2 xícaras) de farinha de arroz branco

1/2 colher de chá de goma xantana

Para as frutas

130g  (cerca de 1 xícara) de passas *

43g (cerca de 1/3 de xícara) de casca de damasco desidratado *

Raspas de um limão

1 colher de sopa de suco de limão fresco

2 colheres de chá de extrato de baunilha

* Opções: Qualquer fruta seca funciona bem neste pão. Cranberries secas e cerejas são especialmente agradáveis​​.

Para a massa de pão

Secos

312g (2 1/3 xícaras) de farinha de arroz

92g (3/4 de xícara) de farinha de milho branca

48g (1/2 xícara) de polvilho doce

113g (1/2 xícara) de açúcar granulado

 

 Molhados

1 xícara (240ml) de leite morno, 37˚C.

14g de fermento biológico seco

3 gemas

2 ovos grandes

2 colheres de sopa de óleo vegetal

2 colheres de sopa de mel

113g de manteiga de búfala derretida

1

Prepare a biga: misture a água e o fermento em uma tigela pequena. Mexa. Deixe a mistura repousar até o fermento dissolver, cerca de dois minutos. Misture a farinha de arroz branco e goma xantana em outra tigela. Adicionar água e fermento. Misture bem. Mistura ficará espessa e pegajosa. Cubra a tigela com filme plástico e deixe crescer durante a noite à temperatura ambiente.

2

Prepare as frutas: Misture as frutas, as raspas de limão, extrato de baunilha e suco de limão em uma tigela pequena. Mexa. Cubra a tigela com filme plástico e deixe descansar durante a noite à temperatura ambiente.

3

Prepare a massa: Em uma tigela pequena, misture o leite e o fermento. Deixe repousar por cinco minutos.

4

Em uma tigela de batedeira, misture a farinha de arroz, farinha de milho, fécula de batata, açúcar granulado, goma xantana, o fermento e o sal. Adicione a mistura de fermento, as gemas, os ovos, o óleo vegetal e o mel. Misture em velocidade média com acessório da pá plana até que a massa fique grossa, cerca de três minutos.

5

Adicionar a  biga. Mistura-se durante um minuto, para combinar. Raspe o fundo e os lados da tigela com uma espátula de borracha.

6

Com a batedeira em velocidade média, acrescente a manteiga uma colher de sopa de cada vez. Espere para cada colher de sopa de manteiga para incorporar antes de adicionar as próximas colheres de sopa.

7

Quando toda a  manteiga for adicionada, misture a massa por um minuto. Massa deve ser grossa e lisa. Reduzir a velocidade da batedeira para o mínimo e adicione frutas secas. Misture até incorporar frutas em toda massa.

8

Unte com óleo uma tigela média. Transfira a massa para uma tigela untada.

9

Cubra a tigela com filme plástico e deixe a massa crescer até dobrar de tamanho, cerca de duas a duas horas e meia.

10

Desinflar a massa por cerca de 75% . Para fazer soque com sua mão para baixo a massa com um pedaço de filme plástico entre sua mão e massa ou mexer a massa com uma espátula de borracha.

11

Generosamente unte uma forma de pudim de 30cm. Adicione delicadamente a massa com espátula de borracha.

12

Cubra a forma com filme plástico untado e reserve até que a massa quase alcança topo da panela, cerca de uma hora.

13

Pré-aqueça o forno a 180°C. Asse o panetone até que a temperatura interna chega a 97°C. Panetone vai ficar marrom escuro. Caso ficar muito escuro antes de temperatura interna atinge 97°C, tampe a forma com um pedaço de papel alumínio e continue assando.

14

Inverter o panetone para gradinha para que esfrie. Guarde embrulhado em plástico para até três dias ou congelar.

Ponche de Hibiscus

19/11/2013

1077455_10151734318560069_1355560922_o

Ponche de hibiscos

1,5 litros de água

8/10 colheres de chá de Hibiscus desidratado (Karkade)

3-4 pedaços de cravo

2 paus de canela

Pitada de noz-moscada

Açúcar mascavo claro a gosto

Baunilha a gosto

Fatias de maçãs

Fatias limões

Fatias de laranjas

 

Despeje a água em uma panela pequena, acrescente o hibiscus, todas as especiarias e açúcar.

Deixar levantar fervura e cozinhe por 15 minutos em fogo baixo. Em seguida, coar a bebida em jarra de vidro, adicionar as frutas e gelar.

Agora para a versão final de ano: adicionar espumante – demi sec ou suave – a vontade!

Queques de abóbora sem glúten com salada e vinagrete de tahine #vocêbonita

28/10/2013

Queques de abóbora  com salada e vinagrete de tahine

4 porções

Para a montagem:

Alface, agrião ou agrião baby
20 queques de abóbora
280g de pupunha
Vinagrete de tahine a gosto
200g de castanhas tostadas

Para os Queques de abóbora (sem glúten):

250g de abóbora japonesa
2 ovos
Sal a gosto
20g de Gengibre fresco ralado
2 colheres (sopa) de farinha de grão de bico
1 colher (sopa) de tomilho seco
¼ (colher) sopa de fermento em pó
1 colher (sopa) de mel
½ xícara (chá) de castanhas quebradas

Para o vinagrete de tahine:

2 colheres (sopa) de tahine
180 ml de azeite
60 ml de suco de limão
2 colheres (sopa) de cebola roxa
1 dente de alho
2 colheres (sopa) de melado de cana
180 ml de iogurte
60 ml de vinho branco
Pimenta do reino e sal a gosto

Modo de preparo:

Tostar as avelãs em sautesse, esfriar e picar grosseiramente. Montar a base da salada com as folhas.
Com o molho em dosador, regar a salada. Montar as fatias de pupunha e salpicar as avelãs tostadas.
Montar os queques na salada.

Modo de fazer dos queques: Fazer um purê com a abóbora e temperar com as ervas e especiarias. Misturar bem com os demais ingredientes, deixar o fermento por último.
Forminhas de mini empadas ou de madeleine untadas com óleo e farinha de grão de bico. Assar por aprox. 10 minutos a 180ºC.

Modo de fazer do vinagrete: Bater no liquidificador os ingredientes.

photo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 161 outros seguidores